Resenha – Aquela noite

Boa tarde

Chove lindamente aqui em Piracicaba, como amo dias assim 🌧 🌩 . E na cidade de vocês, está chovendo?

Demorei para postar a resenha não? Na verdade acabei dando prioridades à outros assuntos e por conta disto, acabei demorando para finalizar esta leitura.

Este é um livro nacional, ultimamente andei lendo muitos livros de fora, o que me deixou um pouco adormecida para a escrita nacional. Bom, seguindo as informações da editora parceira do meu blog – você pode conferir o post sobre a editora PenDragon aqui – eu escolhi este livro para resenhar.

1488830566456

Gênero: Fantasia | Número de páginas: 210 | Editora: PenDragon | Autor: Fabio Vera Cruz
Sinopse: Aquela noite mudou toda minha vida! Não sou mais a mesma pessoa de antes. Meu humor, meu corpo, meus pensamentos e até mesmo meus olhos não são mais os mesmos. Vivo segundo a segundo, noite após noite tentando me adaptar a este, ao que parece incontrolável poder e ao mesmo tempo tentando ter uma vida normal. 

📔

Sarah Miller é  uma jovem de vinte anos, vive em Casimiro de Abreu, Rio de Janeiro, até que em um novo dia, acorda em uma floresta, completamente nua, lembrando-se de ter ido acampar, mas não necessariamente naquele lugar em que se encontrara. Ali ela conhece Douglas – O bonitão –  moreno,jovem,forte, de olhos verdes e cabelos castanhos e lisos. Ele lhe oferece uma sacola de roupas e … bom, vocês sabem, a historia se inicia!

A personagem principal Sarah encontra-se perdida em um novo mundo, até então, desconhecido. Vampiros, lobisomens, bruxas, caçadores, dentre outros, fazem parte deste novo mundo.  Ela é o tipo de pessoa que vê sua vida ser transformada de um dia para o outro. Antes havia normalidade, depois só incertezas.

Ela descobre ser uma lobisomem, travando uma auto descoberta sobre seu novo mundo e sobre a si mesma. Precisando manter os pés no chão para tomar as decisões certas, já que as erradas poderiam colocar sua vida e daqueles a quem ela se importa em perigo – ela se vê diante de uma guerra entre vampiros e lobisomens, no meio de tudo isso, ainda tem que lidar com as incertezas da juventude, amor, futuro, estudos, proteção a aqueles que ama, a si mesma e encontra em meio a devastação, estabilidade nos braços de Douglas o Alfa do clã Moreira.

 Em Riacho Doce, Minas Gerais, ela encontra mas que amigos, uma família. Sente-se acolhida, amada e protegida. Tia Anne, Douglas e Diego formam uma pequena alcateia e ajudam-na nesta nova fase, com esses novos poderes, aconselhando-a na prática do domínio e controle.

“Poder sentir o vento balançar meus pelos enquanto corro em alta velocidade? Não existe sensação mais prazerosa durante uma caçada. Não tem muito tempo em que dominei meu lobo interior, hoje posso dizer que nos completamos. Pg 57

Muita coisa acontece neste livro, mas acontece rápido demais, do tipo – rápido demais mesmo. Alguns segredos são revelados e você não imagina o que vai acontecer a seguir e quando descobre fica tipo – o que? Há uma junção de muita fantasia .  A proposta do conteúdo é ótimo, porém a narrativa é simples, faltou maturidade nos personagens e mais clareza em relação a historia. É um livro pequeno e em três dias no máximo você consegue finalizar a leitura. 

Anúncios

18 comentários sobre “Resenha – Aquela noite

  1. Oi Viviane, deixo para ler a resenha outra hora (risos), mas aqui em Pelotas andou chovendo pelo final de semana, mas hoje esteve, ainda está, maravilhosamente com um céu azul, teve um sol daqueles só que não achei quente, e prefiro dias assim azul do céu e amarelo do sol. Não gosto de chuva, não gosto do frio… isso é comentário? Já que perguntastes, eu respondi. Beijos.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Bom, li, um livro de vampiros e lobisomens, um livro pequeno se de boa história, pra mim, leio num dia, mas se não for do meu agrado levo um tempo longo demais, comprei A Promessa do Harlan Coben, já no e-reader e pronto para ler, mas ainda não comecei, ainda sem vontade de ler, e quando começo um livro desapareço do computador.
    Estive a procura de um certo livro de vampiros, A Caçadora – O Mundo da Noite (Vol.4, de LJ Smith), não encontrei, então fica em lista. Beijos.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Acredito que muitos livros nacionais têm muito a amadurecer, mas acho isso bom. Mostra que as oportunidades estão aí para quem quer escrever. Pessoalmente, eu tentei ler Eragon, mas ainda não consegui. Achei massante. Espero, um dia, conseguir encontrar um bom livro de fantasia nacional.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s