Por uma vida mais colorida

Texto Pessoal - Viviane Eb. (Escrito em 28/05/2017)

“Da vida sempre espere mais” Viviane Eb.

Num mundo de constantes inconstâncias, eu quero mais. Mais amor, mais felicidade, mais pureza, mais bondade, mais momentos de alegria, mais sonhos, mais risadas, mais sorrisos, mais brilhos nos olhares, mais cores, mais intensidade, mais.

Da vida eu quero mais! Da vida sempre espere mais!

E é neste mix de emoções que nos preenche, que nos rodeiam que eu novamente me atrevo a desafiar-me e desafiar a minha vida, querendo e buscando sempre o melhor. Buscando sempre aquele “algo a mais” que transcenda meus dias. Esta lição acredito que todos aprendem pelo menos uma vez na vida, em um determinado momento, mas também sei que a maioria aprende tarde demais. Porque deixar para o fim da vida o que podemos fazer agora? Porque correr o risco de se arrepender tarde demais? Porque não colocar mais intensidade, amor e cor, em nossos dias? Porque não viver uma vida espetacular?

CORES. Eu quero viver em cores. Quero acordar preenchendo as lacunas preto e branco, em cores fortes e vividas, quero passar o dia enxergando a beleza oculta que dificultamos, quero ver o raiar do sol brilhar intensamente e me preencher com sua vivacidade e otimismo, quero mergulhar nas profundezas calma do mar azul e ser preenchida pela sua imensidão de tranquilidade e serenidade. Quero sentir o vermelho da paixão, do amor tomar conta do meu coração e sentir a felicidade do tom laranja me energizar. Quero viver em cores. Quero uma vida mais colorida.

Vive. Viva. Vida

Levante-se e recomece! Acorde, desperte-se! Abandona tudo se for necessário mas vive a tua vida conforme teus critérios. Um dia você não estará mais aqui. Não se iluda com o amanhã, porque ele não existe. O agora importa, o hoje e somente o hoje é real. Transcenda-te. Alimente-se com bons pensamentos e boas energias. Inspire a vida que te cerca a todo instante! Ame, ame e ame. LIBERTE-SE!

tumblr_ndcc6nNUZl1txcb93o1_500

 

Reciprocidade

Texto Pessoal - Viviane Eb. (escrito em 28/05/2017)

Precisamente na ultima semana de novembro de 2016 eu resolvi criar um blog, pensei a respeito do nome e surgiu Egocêntrico Caracol. Queria um nome diferente, queria deixar minha marca, queria algo com significado e eu acredito que tenha conseguido reunir estes requisitos. A história sobre o nome do blog – aos que não leram – vocês podem conferir “aqui“, resumindo é basicamente isto: Egocêntrico porque não havia reciprocidade e Caracol um lembrete para não rastejar por coisas que não me fazem feliz.  A principal ideia por trás era trazer para a minha escrita algo de real importância na minha vida que fazia muita falta e (ainda o faz): Reciprocidade. É engraçado, saber que o blog surgiu por conta desta palavra e mais engraçado ainda, é saber que eu mudei e continuo mudando, mas ainda assim sinto falta desta representatividade na minha vida.

O que vocês entendem por reciprocidade? O que eu entendo é que é uma mutua cooperação. Uma troca, por igual! Eu me pergunto: Quantos de nós, somos recíprocos? Algumas coisas não mudaram, por mais que eu tenha mudado, ainda assim me sinto rodeada de pessoas que não são reciprocas, por vezes sinto-me vivendo em um circulo vicioso, eu mudei quebrei o circulo, mas ainda assim me sinto incomodada, querendo tomar mais uma atitude a respeito, porém não sei bem o que.

É como sempre digo a mim mesma, é uma questão de raciocínio lógico:

‘Não importa o que os outros fazem, o que importa é a maneira com que eu lido com isso”.

Nossas ações estão sobre nosso controle e não a do outro, entendem? É algo que eu estou pensando à um bom tempo a respeito. Se não há reciprocidade da outra parte, porque me cobram tanto?

Tenho certeza que é bem isso mesmo, é mais uma questão de eu tomar as decisões que me são mais coerentes com meu ideias e princípios e lidar da melhor maneira possível. Reafirmo: Não importa o que os outros fazem, e sim a maneira com que lido com isso! Por vezes é necessário falar abertamente e dizer o que pensamos, a maneira com que o outro vier a encarar isto, não é um problema nosso. Que a verdade seja nossa base!

vento

Feliz Aniversário pra mim

Caramba como o tempo voa, mas soa tão antiquado viver falando disso não? O tempo passa mesmo, a gente nasce, cresce e depois morre, porém seria interessante se pudéssemos parar o tempo pelo menos uma vez na vida, não? Ficar parada no tempo, não envelhecer, mas ver do lado de fora as coisas acontecerem e mudarem, mesmo estando alheia a vida.

Hoje eu completo 23 anos, eu não sei se dou risada ou se choro (ainda não decidi se de tristeza ou emoção) Da até um apertãozinho no coração em saber que estou ficando um ano mais velha, mas confesso que acho engraçado isso porque somente agora nesta altura do campeonato, eu finalmente estou assumindo as rédeas da minha vida e vendo as coisas fluírem mais positivamente. Agora estou no comando entendem ? E estou muito feliz por conta disto e repito insistentemente todos os dias pra mim mesma: Viviane, esse é apenas o começo. Apenas o começo do seu sucesso. Nunca tive tanta convicção de algo em minha vida, e sei que muitas coisas boas estão a caminho e estou de braços abertos para recebe-las.

Hoje é dia de agradecimento. Agradeço por tudo o que tenho, o que sou, agradeço por ter um lar, por mim e toda a minha família estarmos sãos e  salvos, por termos saúde, por nada de ruim acontecer com nenhum de nós, agradeço por ter um trabalho, por ter o que comer, o que beber, por ter uma casa e agradeço pelas oportunidades da vida, pelas coisas boas e abençoadas que ainda estão por vir. Positividade sempre! E repito tudo o que tenho devo a Jesus, é ele quem sempre me dá forças para seguir em frente e ele é quem sempre está comigo incondicionalmente.

Pois então, feliz aniversário pra mim. Que as coisas boas continuem acontecendo e que eu tenha bons pensamentos sempre e fé para alcançar meus objetivos e realizar meus sonhos, e claro o mais importante de tudo, saúde. Obrigada a cada um de vocês, por seguirem meu blog e sempre comentarem e curtirem minhas postagens eu realmente fico muito feliz, de verdade. O blog é um pedacinho de mim e agradeço por vocês fazerem parte dele.

Obrigada 🙏🌍🙏🌹🌳😍🌦🌟⛰🌇

 

Tudo é uma questão de pender a balança?

Texto Pessoal (Escrito em 28/04/2017) - Viviane Eb.
Há exatamente dois anos atrás, ouvir falar – uma primeira vez- sobre este tema em um dos livros da saga Fallen, da autora Lauren Kate, exatamente no quarto volume Êxtase. Na ocasião, Lucinda a personagem principal precisava escolher um lado, Deus ou Lúcifer e finalmente pender a balança. Encontrei o trecho no livro, capitulo 19 página 323:

IMG_20170428_214421

Em determinadas circunstâncias a vida novamente me abordou este tema. Nunca acreditei em coincidências, porque se acreditasse implicaria que a vida seria mero acaso, mas tenho o pensamente forte pra crer que uma vida que não pode ser controlada, não merece ser vivida. Se minha vida esta alheia a mim, não tenho livre arbítrio. E se não sou livre para escolher, qual seria o motivo de minha existência? Não faria sentido.
Até poucos dias eu tinha convicção de que a tudo a minha volta era somente uma questão de pender a balança, não importando a situação. Ainda assim, algo me deixava inquieta, não conseguia me sentir confortável nesta posição. Foi ai que parei de pensar a respeito e deixei de lado está crença em particular e comecei apenas a observar. Aquietei a mente e escutei o coração. Se tudo fosse uma questão de pender a balança um homem que passou a vida cometendo atos incrédulos e alguns bondosos, seria julgado culpado sem misericórdia. É assim que a vida funciona? O lado que mais pender é o que deve se sobressair? E o resto? Nada mais seria válido? Ele teria um julgamento justo? Então porque existir clemência ou punição, num mundo onde a quantidade é mais relevante que o resto?
E presenciando o contrário? Um homem cometendo atos bondosos na maior parte e maldosos em minoria? Seria veril considera-lo digno? Justo? Inocente?
O ser humano é uma compilação de feitos, mas classificarmos bons ou maus pelos feitos frequentes seria injusto. Ou correto?
Ninguém pode ser considerado bom, só por fazer um ato bondoso, nem ser considerado mau por agir em um impulso.

Aristóteles disse: Somos o que fazemos repetidamente. Por isto o mérito não está na ação e sim no hábito.

Neste caso posso desmerecer ou acrescer a mim mesma pelos meus atos repetitivos? Se eu desse de exemplo um bandido, vocês me perguntariam: é coerente afirmar que ele não pode ser julgado pelos seus hábitos frequentes? A verdade é que não sei. Talvez sim? E se dissesse que não? Estaria me ponto em uma posição acima a ele. Então pergunto-lhes: Sou mais que ele? Sou mais que a pessoa que age contra a lei, somente por não fazer o mesmo?
 
Não esperem uma conclusão, pois estou pensando a respeito. Na verdade acho que me apresentou mais duvidas do que já tinha. Só gostaria de levantar a questão: se tudo se trata apenas de pender a balança, em que posição ficariam? 
Você: mocinho ou bandido? Culpado ou inocente? Digno ou indigno? 
Será que no final das contas estava certa em acreditar que tudo na vida é uma questão de fazer a balança pender? 
Alguém que goste de filosofia e queria debater o assunto comigo? Estou pensando em criar um grupo no Facebook para falar sobre filosofia, livros, artes. Acharia interessante. Bom, enquanto não chego a uma conclusão plausível, colocarei algumas ideias no papel até chegar ao momento em que me dê por satisfeita. 
Beijos ♥

Meus fracassos românticos parte 2: Porque você apareceu se não vai ficar?

Texto Pessoal - (Escrito entre 27/04 e 28/04) Viviane Eb.

O post que deveria estar escrevendo era sobre o filme Guardiões da Galaxias vol. 2 que assisti, já passou da meia noite e eu perdi o sono. Me sinto com o coração esmagado então resolvi escrever sobre o assunto e irei programa-lo para ser publicado.

Quem leu o primeiro post (AQUI), notou que nunca tive sorte no assunto, se é que posso definir amor como sorte, mas considerando os últimos acontecimentos em minha vida, talvez não só possa como deva. Desta vez não senti necessidade de abordar o romantismo, para mim já está claro que as coisas que considero essenciais no romantismo, pode ser que nunca as encontre. Uma etapa superada, é um novo passo a seguir em frente.

Mais uma vez, me sinto uma idiota, por pensar demais, por fantasiar demais, por acreditar demais, por querer demais. Vejam só, quando encontrava alguém de interessante ou descobria que eram casados, ou que amavam outras, ou que não se interessavam por mim. Ai automaticamente eu me desinteressava. E quando uma nova pessoa aparecia e saia com esta pessoa, descobria que jamais daria certo. Lembram do que disse no outro post, sobre os homens quererem algo a mais e não bastar para eles sentarem e terem uma conversa sensata, sem antes já quererem sair beijando ou serem evasivos? Então … 

Neste post disse que para mim bastava, que não queria ninguém novo na minha vida, que eu não deixaria as portas abertas para ninguém tentar entrar. Quando digo alguém novo, não me refiro somente a um amor, pode ser alguém novo como um amigo ou derivado. E o motivo disso? Qualquer um pode aparecer, mas não significa que iram ficar. E disso já estou farta! Pensava ter criado uma barreira, e se a criei … ela se tornou fina demais e se desmantelou.

Alguém novo apareceu.  Conversamos -sim apenas isto-, conversamos e não pessoalmente, porque nunca o vi, mas mesmo assim eu disse coisas que não contei a ninguém, coisas que jamais sequer admiti a mim mesma. Vejam só eu sou uma boba que lê livros demais e isto me fez ter esperanças de encontrar -algum dia- um amor como os das histórias. Um erro. Meu erro. Um dos meus maiores defeitos é que eu fantasio demais, então sempre que alguém novo aparece, basta um sinal, um gesto, uma palavra romântica da pessoa para eu pensar: Como seria se meu coração fosse dele e o dele, meu ? 

E o que isso tem a ver com meus fracassos românticos, se nem criei alguma aspiração amorosa com ele? Bom, ele apareceu não? E ama outra pessoa e um dia vai embora do mesmo jeito que chegou: repentinamente. E eu lembrarei do momento em que pensei: Como seria se ele tivesse ficado? 

Meio que me decepcionei e senti um pouco de inveja em saber que o coração dele pertence a outra, eu fantasiei como seria ser ela, e foi ai que me senti esmagada. Foi difícil saber que não tenho alguém que me ame da maneira como ele a ama. Senti inveja desse amor, da maneira como ele a ama: com toda a sua alma, com todo seu coração. Não senti inveja dele amar ela, senti inveja de ninguém me amar assim.

Não quero que alguém seja apenas uma memória, uma lembrança vaga que vai ser corroída pelo tempo. Eu quero alguém que fique, que precise ficar, que queria ficar, que queria ser mais que apenas uma vaga lembrança na vida de alguém. Na minha vida. Quero alguém que fique mesmo sem ser o amor da minha vida, mas fique. Seja sincero, seja importante, seja respeitável e se importe. Não quero que mais ninguém apareça sem intenção de ficar, pois se assim o for, prefiro que não apareça. 

Um dia ele me perguntou o que mais desejo na vida, eu respondi: ser importante pra alguém. Ser importante para o amor da minha vida.

Mas como posso eu ainda tentar acreditar em relacionamentos ou neste tipo de amor, se as pessoas de hoje em dia, não são boas, nem puras, nem tem boas intenções? Todo mundo aqui acompanha os noticiários? Vemos todo dia uma tragédia envolvendo casais. As pessoas estão tornando-se o pior de si, não há respeito, não há amor ao próximo, não há tolerância, nem empatia, nem solidariedade, nem verdade, nem bondade, nem compaixão. Nos tornamos frios. As pessoas estão enlouquecendo, estão virando seres irracionais, animais!

Eu acredito no tipo de amor que Jesus falou: puro e sincero. Eu posso ter esse amor bondoso, sem limites e verdadeiro, mas como confiar este amor a um homem? Ninguém é o que parece ser, e não sabemos até que momento o outro esta sendo verdadeiro ou do que ele é capaz. Como me entregar de corpo e alma a alguém vivendo no mundo de hoje em dia? Eu realmente tenho muito medo de me apaixonar pela primeira vez, e uma segunda e uma terceira (se assim o for), porque eu conheço meus limites, conheço a mim mesma. Mas e o outro? E o homem que será o dono do meu coração? Esse jamais o conhecerei de verdade e isto é aterrorizante. Desejo muito mesmo, e peço a Deus para que ele me guie e que seja conforme o que ele disse e ensinou: que apareça alguém puro e digno do meu amor e que ele afaste de mim pessoas maldosas e de coração impuro. 

Prefiro viver no mundo da fantasia e conhecer o amor entre um homem e uma mulher somente através dos livros e histórias do que vivenciá-lo com a pessoa errada e ter meu coração partido em mil pedaços. Não quero ter meu coração partido. Então da maneira que for… não me parta ao meio!

Por muitas vezes sou ingênua demais e sempre acabo me magoando, mas não culpo a mim por ser ingênua, o errado é o outro pela malicia e maldade.

Para finalizar concluo que não darei tempo ao tempo, nem que serei menos ingênua em relação ao amor.  Eu acredito no amor, eu acredito na bondade e eu acredito na verdade. Pela paz e através da paz, tento ser a melhor versão de mim mesma todos os dias. Com o homem da minha vida ou sem ele, o amor a bondade e a verdade sempre farão partes de mim, da pessoa que sou agora e da pessoa que quero ser. A vida segue. Então se um dia esse homem chegar que seja só para acrescentar.

 

Uma música que não saiu da minha cabeça enquanto escrevi este texto, é está. Quem assistiu Fallen, vai se lembrar.♥

Quebrando o círculo vicioso

Bom dia 🌹
Texto Pessoal - Viviane Ebuliani (Escrito em 16/04/2017)

Feriadão acabou, mas essa semana já tem outro e na próxima outro (dia do trabalhador). Abril seu lindo 💛. Entrando nesse embalo de uma coisa atrás da outra resultando em um mesmo resultado 😂, hoje resolvi falar sobre um assunto que possa tanto acalentar a quem o lê, quanto a mim mesma. Circulo vicioso, quem já ouviu falar? Aposto que todos.  Quem já passou ou passa por alguma situação que os faz sentir que perderam o controle sobre? Aposto que todos também. 

A primeira coisa é saber: O que é um círculo vicioso?

Segundo o Wikipédia, círculo vicioso é uma sucessão, geralmente ininterrupta e infinita, de acontecimentos e consequências que sempre resulta numa situação que parece sem saída e sempre desfavorável, principalmente para quem se vê capturado por esse tipo de relação. (Ou tentando facilitar mais ainda: uma situação que sempre se repete e você não sai do lugar, parecendo não ter controle sobre).

Qual é o seu círculo vicioso? Ok, não precisa responder, estou aqui para tentar (nos) ajudar a quebrar este círculo (seja qual for) e dizer: BASTA, EU CONTROLO A MINHA VIDA! Vamos trabalhar isso.

Não importa qual seja a cruz que você carrega. A partir do momento que algo te faz mal e você entende que é hora de dizer BASTA, você precisa se auto colocar em seu lugar e saber QUE VOCÊ CONTROLA SUA VIDA, VOCÊ CONTROLA SUAS EMOÇÕES, VOCÊ POSSUI O CONTROLE e não o contrário.

Imaginem, do que valeria a vida se estivéssemos alheio à ela? De que vale a vida, se não podemos assumir o controle? Não tem lógica, viver e ter alguém ou alguma coisa controlando nossa vida por nós, certo? Como possuímos o livre-arbítrio, o que acontece a nossa volta e em nossos dias, é resultado de nossas ações. Nós temos e precisamos assumir este controle. É uma responsabilidade e tanto, mas é como deve ser. Ninguém aqui quer viver uma vida baseada em um videogame, onde outra pessoa assume o comando. Assim como ninguém quer ser controlado por algum sentimento/emoção ou determinada situação. Já que isto está esclarecido. Vamos para a próximo passo.

Como assumir o controle e quebrar o círculo vicioso?

      1. Saiba que isso está acontecendo

Há determinados acontecimentos em nossas vidas que pela devida repetição em acontecer com frequência, acabamos nos acostumando e aceitando, não notando que é errado, que está errado. Esse é o primeiro passo, saiba que está acontecendo! Reflita sobre sua vida, abra os olhos e note o que acontece com frequência que te deixa mal, mas você não consegue se livrar. Pense no que NÃO ESTÁ CERTO!

      2. Não julgue-se

Se julgar e se culpar, não vai fazer as coisas melhorarem. Não tenha dó nem pena de si mesmo, acredito que estes sentimentos baixos, só vão te colocar numa situação pior do que a que você se encontra. Tenha compaixão de si. Todo mundo erra e se perde as vezes, mas não deixe isso ser uma desculpa para se colocar no papel de vitima. Perdoe-se.

      3. Pense no que pode ser feito a respeito

Você já entendeu que está em uma situação ruim, quer assumir o controle e quebrar o circulo vicioso, já percebeu que se culpar não vai resolver, o próximo passo é saber o que pode ser feito a respeito. Para mim esse é um dos passos mais importantes, porque é nesta etapa onde tudo se clareia e você nota que é HORA DE AGIR. Saiba que todo problema tem uma solução, se não houvesse solução, não haveria problema, é uma lógica simples. Repense no seu problema e procure soluções. Vamos deixar tudo claro, o que ajuda muito é escrever a respeito. Pegue um caderno ou uma folha e anote o que você pode fazer, qual a atitude que você deve tomar que vai te fazer assumir o controle novamente sobre quem você é, e a vida que você tem.

      4. Tudo depende de você

É como sempre digo a mim mesma: não espere ninguém vir te salvar. Salve-se. Gente, não vivemos em um filme, nem livro, nem num mundo de fantasias. Pode ocorrer de alguém tentar te ajudar, mas A ÚNICA E VERDADEIRA MUDANÇA E TRANSFORMAÇÃO VAI DEPENDER EXCLUSIVAMENTE DE VOCÊ. Bonaparte disse: A maior batalha que eu travo, é contra a mim mesmo. A mudança vai depender de você! O primeiro passo é querer mudar e isso ninguém pode fazer por você.

      5. Ajude-se a se ajudar. Procure ajuda.

No tópico acima, eu disse para você mesmo se salvar, com isso quis dizer para tomar uma atitude a respeito, não deixando de lado a ajuda de um profissional. Não se sente confortável falando sobre o assunto com algum amigo ou parente? Procure um médico ou algum profissional que possa te ajudar. O importante é fazer algo a respeito.

      6. Aja agora.

Não no post anterior mas no outro eu abordei o assunto: Porquê dizer é mais fácil do que fazer? Conclui que o importante é não pensar muito a respeito e fazer o que precisa ser feito. Não adie, não deixe pra amanhã, sabemos que o amanhã pode nunca vir. Não procure desculpas, aja agora! Quanto mais cedo agir, mais cedo se livrará do problema.

      7. O mais importante: ACREDITE

Quem lê estes meus textos pessoais já deve estar cansado de ler a respeito da importância de crer. Mas gente, o que vocês esperam se não acreditarem? Ter fé, acreditar, confiar, crer é essencial. É o ponto de partida. Deixei o tópico por último para que vocês entendam que por mais importante que seja acreditar, se você não entender que há algo de errado, se você não se perdoar, se não pensar em uma solução para o problema, se não perceber que depende de você a grande mudança, se não procurar ajuda e se não agir agora, do que adianta só acreditar?

Perceberam? Uma coisa está ligada a outra, como mencionei no outro post, para uma grande coisa acontecer é necessário antes, a junção de pequenas coisinhas. E olha essas coisinhas são muito importantes viu? Vamos lá, PROCESSE isso.

Não conheço nenhum de vocês pessoalmente, mas acredito que todos já vivenciaram ou vivenciam ou conhecem alguém que passe por um circulo vicioso. É difícil, querer sair de uma situação mas, por mais que você tente, acaba voltando ao ponto inicial. Não sou psicologa, nem terapeuta, na verdade sou formada em técnico em comércio o que não tem nada a ver com isso, mas adoro ler livros e derivados relacionado a motivação, força de vontade, etc. Amo também filosofia, é algo que adoro e por isso mesmo me recuso muitas vezes ao conformismo e sempre procuro satisfazer minhas curiosidades e chegar a uma reflexão que satisfaça as minhas dúvidas e o mais legal é saber que meus textos pessoais pode ajudar de certa forma alguém. Mais legal ainda é saber que muitos de vocês se identificam, sinto que cumpro meu propósito entendem?

O ser humano possui uma força tremenda, e somos capazes de fazer o inimaginável, mas infelizmente muitos estão apenas em busca de poder e status, ignorando sua verdadeira natureza que é ajudar. Outro problema é o pensamento pequeno e a falta de perspectiva no acreditar. Bom mal terminei este texto e já tenho vários outros assuntos que quero escrever a respeito, inclusive algo que tenha a ver com o que disse nestas linhas acima. Espero que tenham gostado e obrigada por lerem até aqui. Acho que levo jeito pra isso 😂😂😂💛💛💛 Muita luz e paz a todos. XOXO.  

Se quiserem comentem: o que acharam do texto? 🌹🌹🌹🌹.

Porquê dizer é mais fácil do que fazer?

Boa noite 🌍🌹
Texto Pessoal - 14/04/2017

Quantas e quantas vezes eu ouvi pessoas dizendo que iriam fazer determinada coisa e não fizeram. Quantas e quantas vezes eu disse que ia fazer determinada coisa e não fiz. É hora de nos questionarmos: Porquê dizer é mais fácil do que fazer?

Se eu os perguntassem quais os motivos de não fazerem o que disseram, vocês saberiam ao certo o que responder ? Não acham que os motivos que poderiam dar, não passariam de, apenas desculpas? Vamos trabalhar isso.

Goethe disse:

Pensar é fácil. Agir é difícil. Agir de modo com o que se pensa, é de todas a maior dificuldade.

Será que é o medo interferindo em nossas ações? Ou a falta de vergonha na cara? Será o comodismo? Ou a falta de apoio? Será a falta de coragem em nós mesmos que nos breca diante das incertezas do que se vem pela frente?

Não devemos ser fieis ao que decretamos ser nossos ideias? Se assim o é,o que nos impede de ir até o final? Qual é o impedimento que nos impossibilita de, até mesmo começar?

 Já li e reli diversas vezes livros e artigo relacionados a força que as palavras tem em nossa vida, inclusive um desses livros é minha leitura atual. Paramos para pensar se somos agraciados com o poder da palavra, o que nos impede de transforma-las em ação?

Por experiência própria o comodismo foi um dos fatores que mais pesaram diante de um novo desafio que eu mesma estabelecia. E não só foi como ainda o é, não falarei do passado se isso ainda interfere em meu presente. Então vejamos, como todos sabemos o primeiro passo para qualquer coisa acontecer é querer. O segundo passo é agir.

O querer se consiste na palavra/pensamento/desejo/imaginação/ideia/vontade/anseio/sonho e assim por diante. O agir se baseia em ação/movimento/fazer/realizar/operar/reagir/sair da zona conhecidaSó isto basta? Querer e agir é o suficiente para fazer acontecer? Não! Ai vocês perguntam, o que mais Viviane? Acreditar!

Romain Rolland disse: Agir é acreditar. 

Ok, alguns devem pensar. Para, você está saindo do contexto, o que isso tem a ver com não fazermos o que dissemos fazer? Tudo gente. Falo por experiência, não é só o comodismo que me impede até hoje de cumprir e honrar algo que eu disse. O fato de não saber direto e não esclarecer a mim mesma o que eu realmente quero, o fato de não acreditar fielmente que terei êxito e o fato de que juntando essas duas coisas que me faltam, acaba me fazendo perder a vontade de agir. Agora juntem o medo, a falta de coragem de sair da zona de conforto, entre outros.

  • Vocês entendem que para qualquer coisa na vida que queremos, é necessário a junção de pequenas coisinhas, não? 

Se reflito demais, deixo de agir. Disse Clarisse Lispector.

Há mas isto para acrescentar.  Quem nunca deixou de fazer algo por pensar demais no assunto? Eu já e muitas vezes e aposto que você também.

Há algo que precisa ser levado em consideração. Eu várias vezes, agi sem pensar muito a respeito. Não estou dizendo que simplesmente fui e fiz o que me vinha a mente sem pensar em consequências, mas que as melhores coisas que me aconteceram, foram quando eu afirmei: é isso o que quero e me pus a concretiza-lo.

Acho que para fazer o que dizemos e não deixar isto em apenas palavras precisamos não pensar muito a respeito, e colocar em ação. 

Honrar suas palavras e se pôr a realiza-las é uma gratificação para consigo mesmo, tão grande que só quem já o fez, sabe o quanto vale a pena.  Como disse no post anterior tudo é uma questão de PROCESSO, um passo de cada vez, e conseguiremos chegar onde desejamos estar. Você está pronto para este desafio? Pronto para não pensar muito a respeito e fazer o que precisa ser feito? É necessário ter coragem, mas a coragem vive em nós. Somos feitos dela e por ela honraremos os nossos feitos.

Esta inconstância de que o ser humano é feito, serve apenas como um lembrete a mim mesma de que apesar das divergências, sou capaz, somos capazes e que por não sermos imortais, vale a pena viver intensamente cada segundo desta vida desejando o melhor e sendo o melhor!

Concluo com uma frase de Fernando Pessoa. 

fernando_pessoa_agir_eis_a_inteligencia_verdadeira_sere_l2nv4mk

Espero que tenham apreciado o texto e que estejam tendo um bom feriado. Lembrem-se:

“The journey of a thousand miles begins with a single step.” (“A jornada de mil quilômetros começa com o primeiro passo.”)
― Lao-Tsé