Minhas novas aquisições de leitura

Boa tarde ❣

Hoje é um dia muito especial. Dia das mães é todo dia gente, mas sim, hoje é uma data em que ficamos mais próximos ainda de nossas mamães e com este dia lembro-me de minha infância, de quando eu pedia livros para minha mãe e a partir daqueles momentos eu teletransportava-me à outro mundo. Obrigada mãe e pai pelas inúmeras histórias que vocês me apresentaram.

Infelizmente ainda continuo com o escasso de tempo para ler, escrever e me dedicar ao blog, porém sempre que dá leio um livro ou outro. Nestes últimos tempos não tenho comprado muitos livros, segue então minhas novas aquisições.

P_20180513_120039_vHDR_On_1

Escrito em 1985, o romance distópico O conto da aia, da canadense Margaret Atwood, The Handmaid’s Tale conta a história na distopia de Gileade, uma sociedade totalitária que foi anteriormente parte dos Estados Unidos. Enfrentando desastres ambientais e uma taxa de natalidade em queda, Gilead é governada por um fundamentalismo religioso que trata as mulheres como propriedade do estado. Como uma das poucas mulheres férteis restantes, Offred é uma serva na casa do comandante, uma das castas de mulheres forçadas à servidão sexual como uma última tentativa desesperada para repovoar um mundo devastado. Nesta sociedade aterrorizante onde uma palavra errada pode acabar com sua vida, Offred vive entre comandantes, as suas mulheres cruéis e seus servos – onde qualquer um poderia ser um espião para Gilead – tudo com um único objetivo: sobreviver e encontrar a filha que foi tirada dela.

Ainda não o li, mas espero fazê-lo em breve. A série é simplesmente incrível, por conta disto espero muito mais do livro. Atualmente acompanho a segunda temporada e o canal Hulu já confirmou a 3 temporada.

P_20180513_115820_vHDR_On_1

Estar solteira pode ser muito divertido e libertador, mas muitas mulheres deparam com diversos tipos de insegurança quando estão sozinhas. Neste seu primeiro livro, a atriz e digital influenciar Julia Faria defende que o foco principal delas nesse momento precisa ser conhecer melhor a si próprias, e não outras pessoas. Só assim conseguirão encontrar suas caras-metades (se assim desejarem). Os delicados textos aqui reunidos ajudam a refletir sobre o que esperar de um relacionamento e a lidar com o fim inevitável de alguns deles. Sempre com bom humor, a autora faz uma necessária investigação do mundo do flerte e seus códigos. Mais do que um livro para quem está (ou esteve) solteira, a estreia de Julia Faria é uma defesa da autoestima feminina. Sem ela, mostra a autora, não existe final feliz.

Este livro é muito bom. No período em que o li, estava conhecendo um rapaz, que não veio a dar em nada no final das contas, mas o divertido é que em quase todas as fases do livro, sendo desde o primeiro encontro à fase de não dar certo, eu consegui me identificar demais com as diversas passagens da autora e dar risada com tudo aquilo. Em breve farei uma resenha e conto mais sobre minha falha mas divertida experiência.

P_20180513_115759_vHDR_On_1

Simon tem dezesseis anos e é gay, mas ninguém sabe. Sair ou não do armário é um drama que ele prefere deixar para depois. Tudo muda quando Martin, o bobão da escola, descobre uma troca de e-mails entre Simon e um garoto misterioso que se identifica como Blue e que a cada dia faz o coração de Simon bater mais forte.
Martin começa a chantageá-lo, e, se Simon não ceder, seu segredo cairá na boca de todos. Pior: sua relação com Blue poderá chegar ao fim, antes mesmo de começar.
Agora, o adolescente avesso a mudanças precisará encontrar uma forma de sair de sua zona de conforto e dar uma chance à felicidade ao lado do menino mais confuso e encantador que ele já conheceu.

O que dizer sobre este livro ? Assim que soube a um ano atrás que teria uma adaptação do livro nos cinemas fui ansiando à sua compra, por fim o filme estreou eu não consegui ler o livro antes de assisti-lo, tampouco consegui assistir ao filme,o que de fato é algo bom já que agora tenho o livro e pretendo lê-lo antes de ver o filme.

P_20180513_115721_vHDR_On

Autobiografia de Henry D. Thoreau, Walden é a manifestação dos ideais de um dos maiores críticos da civilização industrial na história. Publicada em 1854, a obra passa por temas não superados até hoje pelo homem contemporâneo, como o direito à liberdade e o respeito à natureza. E tudo começa com um intrigante experimento social. Em 1854, buscando apartar-se de uma sociedade cada vez mais complexa, Thoreau retira-se para a propriedade de um amigo às margens do lago Walden. Na pequena cabana na floresta, adapta as suas habitações e constrói seus móveis, planta os alimentos que consome e os prepara, faz descobertas espirituais. Por meio de uma vida simples e autossuficiente, cria sua utopia. Ainda que seja uma crítica à vida urbana do século XIX, Walden ainda é capaz de suscitar importantes reflexões sobre nosso modo de vida. Em mais de um século de existência, tornou-se uma referência para movimentos libertários, ecologistas e todos os que buscam uma vida mais harmônica.

Eu que me considero uma pessoa super amante da natureza, passei um tempo pesquisando livros, em que as historias se passassem apenas no convivo entre a natureza e a busca pelo ser. Afirmo que este livro conseguiu fazer-me encontrar o que procurava. Vale muito uma resenha detalhada.

P_20180513_115617_vHDR_On

Naomi, Rose, Leo e Red são adolescentes enfrentando aquela fase em que se relacionar no colégio é tão difícil quanto encarar os próprios problemas. Red tem uma mãe alcoólatra e um pai ausente; o irmão de Leo está na prisão; Rose usa sexo e drogas para mascarar traumas antigos e Naomi se esconde atrás de peruca e maquiagem pesada.
Quatro adolescentes tão diferentes viram melhores amigos quando são obrigados a formar uma banda. O que era uma tarefa chata vira a famosa e popular Mirror, Mirror. Através da música, eles encontram um caminho para encarar o mundo de outra forma.
Mas tudo desmorona quando Naomi some misteriosamente e é encontrada, dias depois, entre a vida e a morte. O acidente desestrutura a banda e, consequentemente, a vida de todos. A sólida relação de amizade que eles achavam estar construindo tinha uma rachadura, e tudo o que restam são dúvidas e vazios. O que aconteceu com Naomi? Foi um acidente ou um ataque? Por que ela fugiria e deixaria a banda para trás? Por que esconderia segredos dos seus melhores amigos? Para desvendar o mistério por trás dessa história, Red e os amigos entram em uma investigação que vai desenterrar seus próprios segredos obscuros e fazê-los confrontar a diferença entre o que eles realmente são de verdade e a imagem que passam para o mundo.

Adquiri este livro e o abaixo, através de um clube de assinatura de livro, não o li e nem o outro, mas quero muito.

P_20180513_115559_vHDR_On

A história acompanha a jornada de Aza Holmes, uma menina de 16 anos que sai em busca de um bilionário misteriosamente desaparecido – quem encontrá-lo receberá uma polpuda recompensa em dinheiro – enquanto tenta lidar com o próprio transtorno obsessivo-compulsivo (TOC). Repleto de referências da vida do autor – entre elas, a tão marcada paixão pela cultura pop e o TOC, distúrbio mental que o afeta desde a infância –, “Tartarugas Até Lá Embaixo” tem tudo o que fez de John Green um dos mais queridos autores contemporâneos. Um livro incrível, recheado de frases sublinháveis, que fala de amizades duradouras e reencontros inesperados, fan-fics de Star Wars e – por que não? – peculiares répteis neozelandeses.

E vocês o que andam lendo no momento ? Já leram algum dos que citei acima ? 📖

Anúncios

Constante insconstância

Boa noite ❣️

Como definir “Eu estou bem”? Já nem sei por onde começar. Você realmente está bem? Se sente bem? Condiz o que você fala e como você age? Na sua vida existe constância?

Este é mais um texto pessoal, onde em minha primaria experiência , noto que o ato de escrever me ajuda a clarear as ideias.

De um tempo pra cá, ando em uma completa inconstância. Nada tem estabilidade, nem base. O que faço, o que digo, tudo se contradiz.
Tanta coisas acontecem, tantas novidades surgem, e sinto-me perdida em meio à isto tudo, tentando assimilar tudo de uma vez. Não absorvendo nada. Esta sou eu atualmente, uma mulher perdida em uma grande bola de desinstabilidade.
Pessoas novas entram na minha vida e depois não fazem questão de ficar, pessoas que já conheço a tempo não fazem questão de cuidar e manter o contato. São vários “bom dia, tudo bem?”, sem realmente se importarem. Inúmeros sorrisos falsos e conversas monótonas que perdem o total sentido em se preocupar. E a propósito: Porque as pessoas não se importam? Porque insistem em não se importar? Desde quando o ego superou a empatia?

Porque vivemos uma vida inconstante ?
Eu preciso desesperadamente de estabilidade. Anseio pelo dia em que acordarei sem me preocupar com o que o amanha me trará, ou se tenho a obrigação de acordar cedo e enfrentar ônibus, e ver pessoas de caras fechadas e de se matar de trabalhar, para chegar no final do mês, estar sem dinheiro e com o emocional desgastado. Quando chegara o dia que direi basta, viverei pelos meus sonhos, e farei deles meus alicerces e esta será minha estrutura?
Mudar meu jeito de pensar, não mudaria como o outro irá reagir. Eu mudo, mas você não muda por mim. Você muda, se quer mudar!

Como eu estabeleço minhas prioridades para que possa anemizar a grande confusão que se estabelece?
Percebo que deixo demais as pessoas a minha volta interferirem em minha vida, em minha rotina, em meu dia a dia, em minhas atitudes e talvez por isto não me acho apta a cortar certos tipos de relações conflituosas. Com isto, nesta devasta onda de incertezas, eu vivo sob duvidosas inconstâncias: pensando de um jeito, agindo de outro e desejando acima de tudo não querer saber de nada.

Queria eu ter e ser alguém constante. Queria eu ter mais estabilidade e controle sobre como ajo e penso. No final das contas, o domínio sobre si mesmo é o domínio sobre o próximo. Nada pode nos atingir se tivermos a mente forte.

Fico no aguardo de minha constância.
Sm83gzdz4e

Ela pecara no silêncio

Acreditava que a vida era mais bonita com ele. Ambos não se completavam. Ela era fogo, ele era gelo.

Distintos. Confusos. Jovens.

Lágrimas nem sempre significavam tristezas e nem um sorriso, alegria.
Não deveria sentir-se nostálgica quando ele estava por perto. Deveria sofrer de abstinência com ele sempre presente?

Seu coração batia calmamente.

Lembrando, lembrando …. Desejando.

Era jovem e inexperiente. Não era esperta o suficiente pra esquecer e não era interessante lembrar.
O pior da dor é que mesmo com o tempo, relembrar dela é sentir aquele aperto forte no peito como se estivesse vivenciando tudo de novo.

Ela pecara no silêncio.

(Por Viviane Eb.)

____________________________________________________________________________

Escrevi este poema ano passado e relê-lo fez lembrar-me novamente da pessoa da qual nasceu a inspiração para escreve-lo. Fazem meses que o escrevi, mas nunca as palavras soaram tão recentes e profundas quanto estas.

Sentir interesse por uma pessoa e esta pessoa fazer você não se sentir o suficiente pra ela, só prova o quanto está errado continuar interessado. Eu e ele somos muito diferentes, eu sei, ele sabe. Ainda assim, a conexão é muito forte e discutimos quase todos os dias, e logo fazemos as pazes, nossos amigos dizem que vamos acabar ficando juntos, e por mais irreal que pareça, de tanto que “brigamos”, não duvido que isto acabe acontecendo. Mas seria eu feliz com ele? Nossas diferenças são gritantes, começando pela religião. Ele, evangélico, eu, católica, o que ele define ser “correto” para o tipo de vida que ele quer, eu discordo. Ele afirma que quer uma pessoa igual a ele, e eu nunca achei que os opostos se atraem, então concordo com seu pensamento. Digamos que eu seja o tipo de pessoa errada pra ele. Mas qual seria a definição de “certa”? Só sei que magoa, trabalhamos juntos então é impossível não vê-lo. Prometi a mim mesma que o deixaria no passado, porém como deixar no passado alguém que esta constantemente no presente ?

Não gostaria de alguns anos à frente, olhar pra trás e perceber que deveria ter largado mão. Não insistido, não persistido. Somos de mundos diferentes. Somos distintos. Preciso me afastar sutilmente, continuar focando em mim mesma e  em meus objetivos. Que ele seja apenas um passageiro. Um caminhante que por mera coincidência cruzou meu caminho, nesta minha jornada. Duas peças diferentes não fazem UM inteiro igual. Não somos o que precisamos um para o outro.

 

O que eu mais quero da vida!

É realmente engraçado saber que muitas coisas mudam, que a cada instante, a cada respiração, nada volta a ser como antes … e o tempo passa e os gostos mudam, mas certas coisas ainda permanecem as mesmas, como da primeira vez!

Hoje no trabalho acabei entrando no assunto com um amigo sobre o que quero, e ele questionou-me: Você sabe o que quer? Minha resposta automática foi sim,  naquele milésimo de segundo me vieram milhares de coisas à cabeça, menos a que mais importava. O tempo se congelou, pensei em tudo, sobre minha carreira futura, posses, sobre a pessoa certa à meu lado, sobre desafios que poderia enfrentar para conseguir tudo aquilo, sobre minha estabilidade financeira e assim a conversa encurtou-se, outro assunto veio a tona e a pergunta: Você sabe o que quer? , pegou-me de surpresa agora a pouco, prestes a ir dormir.

Para uma jovem mulher que passou a infância rodeada de natureza, que passa a maior parte do tempo (ou passava né, porque estou sem tempo) lendo, que sabe a diferença entre querer e precisar e que prioriza a liberdade acima de tudo, a simplicidade é meu maior triunfo.

Por mais que deseje ter sucesso financeiro, na carreira e em um relacionamento, sei que tudo isso são coisas de segundo plano, coisas que no final das contas sinto que em minha vida, não acrescentaram muito. Para mim o lado espiritual sempre foi o que mais representa-me como pessoa, como ser humano, e nesta busca por evolução e crescimento, sinto que sei o que sempre priorizar e o que mais quero e desejo. Saliento novamente minha maior aspiração, morar com a natureza à meu redor e acordar todos os dias vendo montanhas e belíssimas paisagens.

O que eu realmente quero mais que tudo, é ser completamente livre, respirar ar puro, abandonar o ego e transcender como ser humano, ir sempre além em minha busca pela paz interior e tentar ser o mas digna possível de Deus, meu Pai.

Noruega é sem sombra de dúvida, meu sonho de país, onde desejo morar e poder passar os restos dos meus dias.

Você tem um sonho? Todos temos!
O que está fazendo para realiza-lo? É o que pergunto-me neste instante.

O que nos impede? Nada!
Então, haja!

Aconselho a mim mesma …

Não deixem de conferir o video abaixo e entenderem melhor o que eu mais desejo para a minha vida. Se vocês perguntassem-me: Viviane, você abadonaria tudo o que tem e conhece para poder viver em uma casinha bem simples com a paisagem do video abaixo, você realmente assim o faria? A minha resposta seria, SIM! SIM! SIM! Eu abandonaria, porque no final das contas é o que mais quero, viver uma vida simples, me sustentando através das minhas plantações e abdicar muita coisa que hoje julgamos serem essenciais, porque essencial mesmo gente, É SER FELIZ!

Por uma vida onde você é o PROTAGONISTA!

Texto pessoal 02/07/2017 – Viviane Eb.

Bom dia, bom dia. Hoje acordei com vontade de escrever então aqui estou. 💖

Primeiramente gostaria de começar enfatizando um simples fato de que, por vezes nos esquecemos: vamos morrer! Eureka !!! Sim, achei necessário enfatizar isto antes de dar continuidade ao texto, sabemos, mas ignoramos este fato e com isto, não vivemos a vida pela qual ansiamos viver. E eu vos pergunto: Por quê ?

Tanta coisa vem acontecendo ultimamente, boas e outras nem tanto, mas este é o processo da vida, saber lidar com situações e provar a si mesmo que somos guerreiros e perante o perigo e o desafio, não vamos abaixar a cabeça, nem desistir.

Há um fato que gostaria de compartilhar, o motivo pelo qual, resolvi escrever este texto é porque estou agindo como protagonista da minha vida. Vocês já devem ter passado por uma situação assim, ser a pessoa nova em um determinado ambiente, e ser motivo de inveja, fofoca e falsidade. Por vezes é como me sinto, mas sabe o lado positivo de tanta negatividade vindo dos outros? Estou sendo completamente autêntica e fiel a mim mesma! Juro pra vocês, estou mesmo. E sabe o que é melhor ainda? É saber que estou tendo maturidade para lidar com a situação de uma maneira divertida e sábia. Com sempre digo: Não importa o que os outros fazem e sim a maneira com que lido com isto. As atitudes dos outros não estão sobre meu controle, mas as minhas sim!

No final das contas amigos, vamos todos para o mesmo buraco então, porque eu deveria combater falsidade com falsidade? Prefiro dar a outra face¹

Em Crime e Castigo de Dostoiévski, há a seguinte frase:

Torne-se o sol e todos o avistarão. O dever do sol é existir, ser o que é!

Se vocês soubessem quantas vezes sorrio todos os dias quando avisto a beleza da vida, se soubessem o quanto agradeço. Sabem o quanto é bom apenas respirar fundo e sentir paz? Se soubessem o quanto estou animada e feliz, de bem com tudo a minha volta. Deus está sendo tão bondoso e misericordioso comigo e com a minha família e com nossas vidas, que só bênçãos estão caindo sobre nós e eu digo a vocês sabem quando isso tudo aconteceu? Quando eu resolvi erradicar o mal e dizer basta: sou o bem e quero o bem!

Controle seus pensamentos e controle sua vida!
Mude seus pensamentos e verá como tudo a sua volta irá mudar!

Quantas vezes eu salientei estas frases pessoais em meus antigos textos? Muitas e eu as irei repetir sempre que puder! Acreditem, pois realmente funciona.

E assim concluo que eu, uma jovem mulher, que está descobrindo a vida em seus melhores e piores, só tenho a agradecer a mãe natureza por tirar de mim todos os dias, inúmeros sorrisos e suspiros de admiração e a Deus meu pai, pela paz e Sua presença que sinto a todo instante.

A vida gente, é o que fazemos dela todos os dias. Não sigam o rebanho, só quem tem ousadia para ser diferente é quem mais se destaca. O sol brilha para todos, mas nem todos são dignos dele, ainda assim ele não deixa de brilhar. Ser sábio para agir e ser quem você é, é transcender-se, elevar-se à um nível superior de espírito.

Seja luz, seja amor e brilhe! Seja protagonista da sua própria vida e faça o que tiver vontade, lute pelos seus sonhos e seja livre. Livre para escolher e ser quem você deseja ser!

Encontrem-se!

tumblr_nzv5caFiq71v1mo28o1_500

 

1* «Digo, porém, a vós que me ouvis: Amai os vossos inimigos, fazei o bem aos que vos odeiam, bendizei aos que vos maldizem, orai pelos que vos insultam. Ao que te bate numa face, oferece-lhe também a outra; e ao que te tira a capa, não lhe negues a túnica. Dá a todo o que te pede; e ao que tira o que é teu, não lho reclames. Assim como quereis que vos façam os homens, assim fazei vós também a eles.» (Lucas 6:27-31)

Por uma vida mais colorida

Texto Pessoal - Viviane Eb. (Escrito em 28/05/2017)

“Da vida sempre espere mais” Viviane Eb.

Num mundo de constantes inconstâncias, eu quero mais. Mais amor, mais felicidade, mais pureza, mais bondade, mais momentos de alegria, mais sonhos, mais risadas, mais sorrisos, mais brilhos nos olhares, mais cores, mais intensidade, mais.

Da vida eu quero mais! Da vida sempre espere mais!

E é neste mix de emoções que nos preenche, que nos rodeiam que eu novamente me atrevo a desafiar-me e desafiar a minha vida, querendo e buscando sempre o melhor. Buscando sempre aquele “algo a mais” que transcenda meus dias. Esta lição acredito que todos aprendem pelo menos uma vez na vida, em um determinado momento, mas também sei que a maioria aprende tarde demais. Porque deixar para o fim da vida o que podemos fazer agora? Porque correr o risco de se arrepender tarde demais? Porque não colocar mais intensidade, amor e cor, em nossos dias? Porque não viver uma vida espetacular?

CORES. Eu quero viver em cores. Quero acordar preenchendo as lacunas preto e branco, em cores fortes e vividas, quero passar o dia enxergando a beleza oculta que dificultamos, quero ver o raiar do sol brilhar intensamente e me preencher com sua vivacidade e otimismo, quero mergulhar nas profundezas calma do mar azul e ser preenchida pela sua imensidão de tranquilidade e serenidade. Quero sentir o vermelho da paixão, do amor tomar conta do meu coração e sentir a felicidade do tom laranja me energizar. Quero viver em cores. Quero uma vida mais colorida.

Vive. Viva. Vida

Levante-se e recomece! Acorde, desperte-se! Abandona tudo se for necessário mas vive a tua vida conforme teus critérios. Um dia você não estará mais aqui. Não se iluda com o amanhã, porque ele não existe. O agora importa, o hoje e somente o hoje é real. Transcenda-te. Alimente-se com bons pensamentos e boas energias. Inspire a vida que te cerca a todo instante! Ame, ame e ame. LIBERTE-SE!

tumblr_ndcc6nNUZl1txcb93o1_500

 

Resenha – Homens e Anjos: Um amor para toda a vida – Luciana Oliveira

Boa tarde 🌹 

Como é bom terminar uma leitura e ainda continuar relembrando dos personagens e acontecimentos. Sinto-me realizada concluindo mais uma história e sabendo que vou leva-la por toda vida ❣

1493565464175

Gênero: Romance | Número de páginas: 230 | Editora: Editora Fragmentos | Autora: Luciana Oliveira

Sinopse: A vida da bela Isa começa a mudar. A ausência do marido que viaja para a África a trabalho, o vazio que sente com ausência dele a faz reviver constantemente o passado de pobreza e a agressividade entre seus pais, fazendo com que se sinta cada vez mais insegura.
Ela, que só tinha olhos para o trabalho, o filho e o marido, depara então com aqueles lindos olhos azuis. Eduardo, o cliente de sua empresa, não é um homem comum, é misterioso e fascinante ao mesmo tempo.Isa descobre o desejo, começa a ceder aos encantos de Eduardo, um homem intenso.Dividida entre a ética e o desejo, ela se pergunta se ainda ama Júlio, seu marido, e sua escolha poderá mudar tudo.Mas Isa não está só, ela conta com a proteção de Miniel, seu anjo.Ele irá guiá-la por esse caminho repleto de sentimentos, inseguranças e descobertas fascinantes.

🌹

Isa com seus 35 anos é bem resolvida, mãe, empresária, esposa, tem tudo o que qualquer mulher poderia desejar: um lindo marido, um lindo filho, uma linda casa e uma vida estável financeiramente, profissionalmente e pessoalmente. Julio seu marido é um excelente médico, marido e pai, junto com o filho Gustavo, eles formam o tipo de família sólida e feliz. Mas nem tudo é perfeição. Ultimamente -mais que nunca-, Isa perde-se em suas lembranças. O passado não fora fácil, sendo uma dos 7 filhos que seus pais tiveram, a infância fora pobre e difícil, mas isto não era o pior, seus pais brigavam constantemente.

Como ele pode fazer isso? Como ela suporta ser agredida desta forma sem fazer nada? – penso com um nó na garganta.
Nunca conseguirei entender o que se passa com eles. Num segundo a casa está silêncio, no outro o caos cai sobre nossas cabeças. Pg 21

Por sorte a vida fora amigável, ela se esforçou, concluiu os estudo e se formou em ciências contábeis, montando um escritório de contabilidade com sua melhor amiga Celeste. Em um dia, um novo cliente procura o serviço de sua empresa, Eduardo, Engenheiro Civil, sua beleza, posicionamento,firmeza fazem Isa sentir-se atraída. Conforme os dias passam Julio seu marido, recebe uma proposta de seu antigo professor e amigo para participar de um projeto voluntário na África e ajudar pessoas carentes. Ele como médico sente um dever grande em ir, fazer sua parte e crescer como profissional. Isa sente seu mundo pender. Como largar tudo? Sua empresa, seu trabalho, sua casa, tudo o que conquistou para passar um ou dois anos fora? Então toma a decisão de ficar. 

Impressionante como tudo muda em um ano. Pg 40

Com a ida de Julio, Isa mais que nunca sente-se sozinha e concentra-se no trabalho.

A vida se encarrega de colocar as coisas no lugar, aprendemos a lidar com a ausência. Pg 135

Os encontros casuais com Eduardo, fazem-na pensar nele mais do que deveria. Precisa assegurar-se em manter-se afastada, mas e se o destino quisesse junta-los?

🌹🌹🌹🌹🌹

A narrativa é empolgante, simples e supre todas as necessidades de um bom livro. Na história não há fantasias exageradas, o que é extremamente positivo, é tudo muito atual e espontâneo. Qualquer pessoa pode se colocar no papel de Isa e qualquer pessoa pode passar pelo que ela passa no livro. Melhor ainda, é a maneira com que ela lida com tudo o que acontece, é decidida, independente, e acima de tudo muito madura. Ninguém toma decisões por ela, ela não é uma personagem que vive em dúvidas e não sabe o que fazer, ela toma as rédeas da sua vida e segue em frente.

Sei que momentos bons e ruins fazem partes da vida. A diferença é que um marca outro ensina. Pg 157

A narrativa é intercalada entre as lembranças de Isa e seu presente, confesso que senti-me um pouco com dificuldade de me ater ao presente, por conta do distanciamento entre os diálogos, mas apenas em alguns momentos, a partir do meio e até o final da leitura tudo flui de uma maneira mais positiva.

Terminei o livro em um dia e meio, não consegui parar de ler, pois a leitura flui muito naturalmente, não sendo forçada. Posso afirmar que é uma história comum e completa. Não senti necessidade de acrescentar nada, do jeito que a narrativa foi desenvolvida pude me sentir conectada à personagem e sentir-me próxima a ela como se a conhecesse, pela maneira de – repito-, ser tão atual, tão presente, tão real!

Algo que não posso deixar de fora é a presença constante e sutil de seu anjo da guarda Miniel, acrescentou bastante à leitura e ao desenvolvimento da personagem e suas futuras decisões.

É um livro muito sutil e vivido, há uma conexão precisamente próxima entre a fantasia e realidade, por vezes senti-me como se estivesse lendo um diário e não uma história de ficção. Outro fator positivo é que muitas coisas acontecem de tempo em tempo, passa alguns meses, anos, não é algo forçado e premeditado é algo gradual, que vai se desenvolvendo até chegar ao final com chaves de ouro. 

Espero que tenham gostado da resenha, é realmente uma leitura muito positiva, que acrescentou muita a mim mesma não somente como leitora, mas como alguém que gosta de escrever e prefere coisas mais sutis e realistas. 

 

Para quem quiser adquirir ao livro é só entrar no site da Editora Fragmentos: AQUI
O instagram da escritora é este: AQUI. Sejam bem vindos para segui-la. XOXO