Nota, fim de leitura, filmes assistidos e Orgulho e Preconceito (série).

Boa noite 🌷
  • Nota:

Vocês lembram que disse que comprei muitoooos livros no dia das mulheres (promoção Saraiva), então ainda não divulguei e nem mencionei nada a respeito porque comprei uns livros importados, então a previsão de entrega (de todos os livros) será somente lá para o finalzinho de abril 😦 Estou ansiosa, mal posso esperar para que eles cheguem e eu possa mostrar à vocês.

  • Fim de Leitura:

Finalmenteeee acabei de ler Notas do Subsolo e neste exato momento irei preparar a resenha, mas não sei exatamente quando a postarei, talvez amanhã ou no dia seguinte ♥

  • Filmes Assistidos:

Nestes dias andei assistindo à muitos filme, sendo eles:

  1. A Bela e a Fera (Cinema);
  2. Minha mãe é uma peça 2 (Dei muita risada);
  3. Invasão Zumbi (Chorei);
  4. Beleza Oculta (Chorei);
  5. Anjos da Noite: Guerras de Sangue (assisti na estreia no cinema, mas não me contive em ver de novo (Adoro vampiros 🖤 )
  6. Moana (Chorei)
  7. Nosferatu 1922 (Um clássico)

Não farei de todos, mas dos que mais gostei pretendo fazer um post relatando qual foi a minha perspectiva perante à eles. Vocês repararam nos parênteses? Então, chorei mesmo nestes filmes, sinto muito mas sou bem sensível, principalmente quando há partes que tem um grande significado, ou que me fazem lembrar de algo.

  • Orgulho e Preconceito – Série da BBC (1995)

Este será um post mais que especial que pretendo fazer e postar o mais breve possível. Assisti a todos os episódios da série Orgulho e Preconceito de 1995 da BBC, onde temos o cavalheiro Colin Firth como Mark Darcy (atuação impecável) e  Jennifer Ehle como Elizabeth Bennet.

Já adianto que amei tanto quanto o filme, ou até mais. Como terminei agora de ler Dostoiévski pode ser que eu comece a ler finalmente Orgulho e Preconceito, já tenho o livro só falta mesmo eu ler, só que … tenho livro para chegar da Editora Parceira Paulinas, então pode ser que eu comece por este – ou seja – não sei qual será minha próxima leitura.

  • OBS:

Descobri uma série nova (não é nova, mas é nova pra mim 😂 ), que estou adorandooooo e também pretendo fazer em breve (assim que terminar no minimo a 1 temporada), um post contando qual é e dando mais detalhes ♥ 

 

 

 

Anúncios

Resenha – Só com o Olhar – Julie Leto

Vocês lembram da foto que postei mês passado, falando das comprinha literárias do mês, feitos na  Saraiva.com.br ? Então, eu já deveria ter feito esta resenha, mas estes dias foram muito corridos e não tive a oportunidade de terminar a leitura deste livro, mas enfim, hoje eu terminei 🙌 ú.ú. Gente é uma boa leitura para se aquecer já que amanhã estreia 50 tons mais escuros. 😻 (Obs: este é um romance erótico).

Nota: O livro voltou ao preço que paguei na época: 2.60 no site da Saraiva.

Confiram então minha última leitura: Só com o Olhar.

img_20170208_161018642

Gênero: Romance Erótico | Número de páginas: 224 | Editora: Harlequin | Autora: Julie Leto

♥♥♥
Classificação: Bom

Sinopse: De detetive a voyeur…
A investigadora particular Jillian Hennessy está certa de que seu maior recente caso irá alavancar sua carreira. Porém, quando descobre que sua equipe está espionando a casa errada,fica bem frustrada… Até que imagens de Cade Lawrence, um vizinho com um charme de arrasar, começam a aparecer no monitor dela. Imagens que Jillian não deveria assistir, mas das quais é impossível tirar os olhos… Detetive disfarçado, Cade está em uma missão de vigilância, mas não consegue ignorar sua bela vizinha. Basta uma longa olhada para as pernas de Jillian e ele se esquece de tudo, exceto da necessidade ardente de levá-la para cama. Ao descobrir que está sendo espionado por ela, Cade fica surpreso… e excitado! Agora, ele vai mostrar a Jillian que tocar é muito mais divertido que olhar…

Jillian Hennessy é uma investigadora particular, cujo trabalho é provar que Stanley Davison é um charlatão, que mentiu em um processo judicial contra o Departamento de Policia de Tampa, alegando estar lesionado após ser derrubado por um policial que perseguia um ladrão, consequentemente embolsando uma quantia de 2 milhões de dólares. Jillian vê nesse caso a oportunidade de provar para o Grupo Hennessy e seu tio Mick (dono da empresa de investigação), que esta apta à dirigir a empresa e seus interesses após a aposentadoria de seu tio. Jillian é determinada, mas toda sua concentração no trabalho fica aparentemente de lado quando ela conhece seu vizinho Cade Lawrence, cuja casa foi grampeada por engano pelos colegas de trabalho de Jillian.

“O calor que despertara do seu corpo flamejou no ventre e então, lambeu-a como línguas de fogo, rumo à carne que agora titilava entre as coxas. Só uma impressão – a remota possibilidade de que ele a observava – conjurou cenários sensuais.Pg. 15

Mesmo com apenas um dia de mudança, Jillian mantem-se distraída com o lindo vizinho da casa em frente. Não podendo controlar a curiosidade, ela decide observa-lo através das câmeras instaladas (por engano) na casa de Cade. Divorciada e na faixa dos 30 e poucos ela começa a ter sentimentos que à muito tempo nenhum outro homem conseguira despertar nela. 

“Escolheria a ilusão novamente, desde que não interferisse com suas metas. Consideraria que nada é permanente, claro. Casamento estava fora de questão. Um caso, quem sabe? Pg 38

O personagem de Cade Lawrence, que é um detetive disfarçado, cujo objetivo também é provar que Stan (seu vizinho da casa ao lado),  não passa de um mentiroso, foi o que mais se destacou, é divertido, bonito e tem um lado sentimental de se apaixonar. Ao conhecer Jillian, a atração entre eles é inevitável, distraindo-o de suas obrigações, nenhuma outra mulher intrigava-o de uma maneira tão eloquente quanto sua nova vizinha de longos cabelos ruivos, corpo esbelto e uma sensualidade espontânea que o fazia deseja-la ardentemente e desesperadamente.

” Cade agarrou a mangueira do jardim e molhou as novas flores até que vergassem soa a água. Precisaria de uma ducha fria ele mesmo, se não conseguisse trazer a mente de volta onde deveria estar.” Pg 24

A história se desenvolve muito rápido, o que é um aspecto positivo, pois não há enrolação por parte de nenhum personagem, ambos querem conhecer intimamente um ao outro, mas sem compromissos, já que cada um esta ali para um determinado trabalho. Nenhum dos dois sabe o que cada um faz, então existe esse aspecto de mistério, fazendo com que a história cresça, não podendo deixar de lado que ambos estão em busca de desvendar o Stan e suas mentiras. É um livro de romance erótico mais o lado acentuado de espionagem.

“Cade só estava sendo sexy. Diabolicamente sexy.” Pg 64

Há muita objetividade no que a autora quis transparecer. Cade e Jullian são aqueles tipos de personagens que podemos encontrar na vida real, entendem? É uma história que possivelmente você poderia estar vivendo com seu parceiro(a).

“Os olhos de Jillian fremiram abertos. O aposento estava escuro, salvo pela luz da lua. Lua cheia. Sentiu-se tão completa! E caso desejasse, poderia culpar o cosmo pelo comportamento insólito.” Pg 101

As cenas de sexo, tão super tranquilas e quentes e apesar de ser um livro erótico esse acaba não sendo o foco principal da trama. É mais uma questão de auto descobrimento, oportunidade de se entregar novamente ao amor, à junção de prazer e companheirismo, tudo isso sem deixar as questões profissionais de lado.

O diálogo entre os personagens é muito prazeroso de se ler. Eles fazem certos tipos de joguinhos, o que acentua ainda mais a química entre eles.

“Não sei quem você é – respondeu-lhe. Não sei do que gosta, além de comida e bebida.
– Talvez seja algo bom, Cade. Precisa admitir, há um toque incrivelmente erótico no desconhecido.” Pg 90

É um livro pequeno, que facilmente você consegue devorar em poucas horas. Para quem quer se atrever a ler algo mais apimentado, mas sem deixar o sentimentalismo e romantismo de lado, esse livro acaba sendo uma boa pedida. Espero que tenham gostado da resenha. XOXO. 💜

Boa tarde, tudo bem ? ♥

Essas são minhas comprinhas literárias do mês, que acabaram de chegar.

  • Só com o Olhar de Julie Leto eu paguei 2,34 é livro de bolso (achei bem fofinho por ser pequenininho). É da Editora Harlequin e as são páginas amareladas. Em uma hora você facilmente devora este livro. Um amor ♥
  • As Decisões de Faustus de Dav Freedman eu paguei 3,96, é da Editora Novo Século e as páginas são brancas (tem gente que não gosta, mas não me incomodo com esses tipos de páginas). Em um dia você consegue terminar a leitura facilmente. ♥

Assim que terminar de ler cada um, faço a resenha, acredito que em breve postarei e consequentemente darei mais detalhes sobre cada livro. Ambos comprei na Saraiva. Felicidade mesmo é quando chega o entregador/correio, quem não ama receber coisas, certo? 😀 ♥♥♥ XOXO.

edited-with-afterlight-1