Assisti Nosferatu (1992)

Hello ♥ Como vocês estão?

Há muitoooo tempo que eu estava com este filme em minha lista de #filmesparaassistir e o tempo passava e nada de eu assisti-lo, porém semana passada eu finalmente resolvi desligar-me de tudo e reservar um tempo para vê-lo. Quem é a louca dos vampiros levanta as mãos! 🙌 Caramba o que dizer deste filme? Muito de vocês já devem ter assistido (quem não viu, eu recomendo). Um clássico, é um clássico, simples assim! 

Nova Imagem

Vou falar um pouco sobre o filme:

Ele é em preto e branco e é um filme mudo! Sim, mas o fato de não haver falas, impede o filme de ter maravilhoso? NÃO! Adorei, simplesmente adorei, mais um na minha #toplist de filmes sobre vampiros.

O filme consegue te deixar tensa (me deixou tensa), eu confesso que ri um pouco com o modo de interpretação dos atores, sabe é bem diferente dos filmes de hoje em dia, principalmente a interação entre os personagens. É um filme completo eu não mudaria nada sobre ele, é perfeito do jeito que é.

33

  • O filme:

Nosferatu, Eine Symphonie des Grauens ou Nosferatu (BR) é um filme alemão de 1922, em cinco atos, dirigido por Friedrich Wilhelm Murnau. O roteiro é uma adaptação do romance Drácula, de Bram Stoker, embora com nomes de personagens e lugares alterados. O longa narra a história de Conde Orlok, um vampiro dos Montes Cárpatos que se apaixona perdidamente por Ellen e traz o terror à cidade dela, Wisborg. O filme é considerado um dos primeiros representantes do gênero de terror no cinema.¹ 

Obs: tem uma outra versão alemã lançada em 1979, chamada Nosferatu the Vampyre (Nosferatu: Phantom der Nacht) que ainda não vi.

Assisti ao filme pelo youtube o link é este: AQUI

❤❤❤❤❤❤

A seguir reuni alguns posteres feitos por fãs. Confiram:

 

phantom-city-creative-nosferatu

Crédito – http://phantomcitycreative.com/

Schaefer-Nosferatu1

Crédito – http://www.frightfestoriginals.com/

cox-Nosferatu-variant

Crédito – http://changethethought.bigcartel.com/

Fontes:1* Wikipédia | Créditos nas Imagens

 

 

Anúncios

Resenha – Aquela noite

Boa tarde

Chove lindamente aqui em Piracicaba, como amo dias assim 🌧 🌩 . E na cidade de vocês, está chovendo?

Demorei para postar a resenha não? Na verdade acabei dando prioridades à outros assuntos e por conta disto, acabei demorando para finalizar esta leitura.

Este é um livro nacional, ultimamente andei lendo muitos livros de fora, o que me deixou um pouco adormecida para a escrita nacional. Bom, seguindo as informações da editora parceira do meu blog – você pode conferir o post sobre a editora PenDragon aqui – eu escolhi este livro para resenhar.

1488830566456

Gênero: Fantasia | Número de páginas: 210 | Editora: PenDragon | Autor: Fabio Vera Cruz
Sinopse: Aquela noite mudou toda minha vida! Não sou mais a mesma pessoa de antes. Meu humor, meu corpo, meus pensamentos e até mesmo meus olhos não são mais os mesmos. Vivo segundo a segundo, noite após noite tentando me adaptar a este, ao que parece incontrolável poder e ao mesmo tempo tentando ter uma vida normal. 

📔

Sarah Miller é  uma jovem de vinte anos, vive em Casimiro de Abreu, Rio de Janeiro, até que em um novo dia, acorda em uma floresta, completamente nua, lembrando-se de ter ido acampar, mas não necessariamente naquele lugar em que se encontrara. Ali ela conhece Douglas – O bonitão –  moreno,jovem,forte, de olhos verdes e cabelos castanhos e lisos. Ele lhe oferece uma sacola de roupas e … bom, vocês sabem, a historia se inicia!

A personagem principal Sarah encontra-se perdida em um novo mundo, até então, desconhecido. Vampiros, lobisomens, bruxas, caçadores, dentre outros, fazem parte deste novo mundo.  Ela é o tipo de pessoa que vê sua vida ser transformada de um dia para o outro. Antes havia normalidade, depois só incertezas.

Ela descobre ser uma lobisomem, travando uma auto descoberta sobre seu novo mundo e sobre a si mesma. Precisando manter os pés no chão para tomar as decisões certas, já que as erradas poderiam colocar sua vida e daqueles a quem ela se importa em perigo – ela se vê diante de uma guerra entre vampiros e lobisomens, no meio de tudo isso, ainda tem que lidar com as incertezas da juventude, amor, futuro, estudos, proteção a aqueles que ama, a si mesma e encontra em meio a devastação, estabilidade nos braços de Douglas o Alfa do clã Moreira.

 Em Riacho Doce, Minas Gerais, ela encontra mas que amigos, uma família. Sente-se acolhida, amada e protegida. Tia Anne, Douglas e Diego formam uma pequena alcateia e ajudam-na nesta nova fase, com esses novos poderes, aconselhando-a na prática do domínio e controle.

“Poder sentir o vento balançar meus pelos enquanto corro em alta velocidade? Não existe sensação mais prazerosa durante uma caçada. Não tem muito tempo em que dominei meu lobo interior, hoje posso dizer que nos completamos. Pg 57

Muita coisa acontece neste livro, mas acontece rápido demais, do tipo – rápido demais mesmo. Alguns segredos são revelados e você não imagina o que vai acontecer a seguir e quando descobre fica tipo – o que? Há uma junção de muita fantasia .  A proposta do conteúdo é ótimo, porém a narrativa é simples, faltou maturidade nos personagens e mais clareza em relação a historia. É um livro pequeno e em três dias no máximo você consegue finalizar a leitura. 

#Correio – Recebidos do mês (Parceria – Editora PenDragon)

edited-with-afterlight

Bom dia ♥

Aqui está o recebido deste mês. Ownt este é meu primeiro post de #recebidos, imaginem então minha felicidade. Chegou ontem a tarde, obrigada Editora PenDragon. Tive sorte porque este mês não comprei nenhum livro, então já comecei a lê-lo e assim que terminar postarei a resenha aqui no site.

  • Confiram a sinopse:

“Aquela noite mudou a minha vida. Não sou mais a mesma pessoa de antes. Meu humor, meu corpo, meus pensamentos e até mesmo meus olhos não são mais os mesmos. Vivo segundo a segundo, noite após noite tentando me adaptar a este, ao que parece incontrolável poder a ao mesmo tempo tentando ter uma vida normal.”

Aquela noite conta a história de como Sarah Miller descobriu fazer parte de um Mundo desconhecido até então, um mundo sobrenatural, onde lobisomens e vampiros coexistem e lideram uma infinidade de seres que pareciam só existir nas lendas.
Venha descobrir como ela lidou com tudo isso, tendo que superar todos os obstáculos sem perder sua humanidade.
Espero que saibam o que estão fazendo iniciando esta leitura.

É uma história de fantasia onde tem vampiros e lobisomens. Ok, vocês já sabem o quanto gosto de histórias de vampiros né. ♥

Soundtrack da semana – Queen of The Damned

 Boa noite ♥

Aqui em Piracicaba está um calor tão chato, que me questiono seriamente o porque de não estar na Europa passando frio 😂 Bom, gente eu não sei vocês, mas sou completamente adepta a ouvir e ouvir repetidas vezes a soundtrack dos meus filmes favoritos. Achei legal compartilhar com vocês, por isso estou fazendo este post.

Vocês vão cansar demais de ler o quão sou fissurada com o universo vampiresco (culpem os autores e roteiristas), e um dos meus filmes favoritos (mesmo não sendo completamente fiel ao livro), é Queen Of The Damned, ou como vocês podem conhecer, A Rainha dos Condenados, baseado no segundo volume das crônicas vampirescas (de mesmo nome) da autora Anne Rice.

A Rainha dos Condenados.jpg

A sountrack é completamente sedutora e atrativa, tem muito aquela vibe dark/rock e pode parecer improvável mas quando ouço as musicas consigo obter uma concentração absurda, é o mesmo tipo de concentração que tenho quando ouço a minha playlist de Mozart ou Beethoven (sim, amo músicas clássicas também). Já vi o filme tantas vezes que quando ouço determinada música, sei de qual parte se trata, fora o fato de ter decorado as letras.😁 

É uma boa dica de filme para se ver no final de semana, mas confesso que seria mais interessante assisti-lo em um dia frio, ou no mínimo, chuvoso, mas deixando minhas aspirações de lado, recomendo vê-lo de qualquer forma, independentemente do tempo.

O que dizer do ator Stuart Townsend (que interpretou o Vampiro Lestat)? Tenho uma pequena obsessão por ele, desde quando, após ser transformado e tomado o sangue de Marius ele diz: MORE (MAIS), meu coração não aguenta essa pequena parte sério kkkk. Gostei também do Tom Cruise no papel do personagem em Entrevista com o Vampiro. OK, estou escrevendo demais e olha que vim falar das músicas e não do filme Haha! É que acabo me empolgando em falar (escrever) das coisas que amo, quem nunca ? 😝

Minhas músicas favoritas são:

Korn – System | Korn – Forsaken | E a parte do violino

E a grande favorita é? Tcharam 👏 👏 👏 👏 

A playlist completa vocês podem conferir aqui. Beijos.

I’m the Vampire Lestat !

I’M THE VAMPIRE LESTAT. REMEMBER ME? THE vampire who became a super rock star, the one who wrote the autobiography? The one with the blond hair and the gray eyes, and the insatiable desire for visibility and fame? You remember. I wanted to be a symbol of evil in a shining century that didn’t have any place for the literal evil that I am. I even figured I’d do some good in that fashion-playing the devil on the painted stage.