Feliz Aniversário pra mim

Caramba como o tempo voa, mas soa tão antiquado viver falando disso não? O tempo passa mesmo, a gente nasce, cresce e depois morre, porém seria interessante se pudéssemos parar o tempo pelo menos uma vez na vida, não? Ficar parada no tempo, não envelhecer, mas ver do lado de fora as coisas acontecerem e mudarem, mesmo estando alheia a vida.

Hoje eu completo 23 anos, eu não sei se dou risada ou se choro (ainda não decidi se de tristeza ou emoção) Da até um apertãozinho no coração em saber que estou ficando um ano mais velha, mas confesso que acho engraçado isso porque somente agora nesta altura do campeonato, eu finalmente estou assumindo as rédeas da minha vida e vendo as coisas fluírem mais positivamente. Agora estou no comando entendem ? E estou muito feliz por conta disto e repito insistentemente todos os dias pra mim mesma: Viviane, esse é apenas o começo. Apenas o começo do seu sucesso. Nunca tive tanta convicção de algo em minha vida, e sei que muitas coisas boas estão a caminho e estou de braços abertos para recebe-las.

Hoje é dia de agradecimento. Agradeço por tudo o que tenho, o que sou, agradeço por ter um lar, por mim e toda a minha família estarmos sãos e  salvos, por termos saúde, por nada de ruim acontecer com nenhum de nós, agradeço por ter um trabalho, por ter o que comer, o que beber, por ter uma casa e agradeço pelas oportunidades da vida, pelas coisas boas e abençoadas que ainda estão por vir. Positividade sempre! E repito tudo o que tenho devo a Jesus, é ele quem sempre me dá forças para seguir em frente e ele é quem sempre está comigo incondicionalmente.

Pois então, feliz aniversário pra mim. Que as coisas boas continuem acontecendo e que eu tenha bons pensamentos sempre e fé para alcançar meus objetivos e realizar meus sonhos, e claro o mais importante de tudo, saúde. Obrigada a cada um de vocês, por seguirem meu blog e sempre comentarem e curtirem minhas postagens eu realmente fico muito feliz, de verdade. O blog é um pedacinho de mim e agradeço por vocês fazerem parte dele.

Obrigada 🙏🌍🙏🌹🌳😍🌦🌟⛰🌇

 

Anúncios

Meus fracassos românticos – Romantismo ainda existe?

Boa tarde 🌹
#TextoPessoal
 15/03/2017

Gostaria de começar este texto reforçando a ideia de que nunca namorei e por várias vezes fui questionada de o por quê ? Sempre é a mesma coisa, a necessidade de explicar-me para os outros sempre foi (e é) cansativa e pouco atraente, simplesmente pelo fato de que, após explicar-me – a maioria – diz entender mas afirmam: você deveria namorar! Como se namorar fosse um lei explicita.

Quando mais nova nunca fui de envolver-me com o sexo oposto, digo, claro tive minhas “aventuras de adolescente”, mas nunca levei ninguém a sério e nunca “bati o recorde”, de algumas amigas que, de tempo em tempo estavam com um ou outro. Na verdade posso selecionar nos dedos com quantos rapazes eu me envolvi. Não houve e não há motivos para colocar alguém no posto de ” meu namorado“.

  •  Não estou apaixonada, não encontrei ninguém que compartilhe dos mesmos gostos e interesses que eu, não conheci ninguém que pudesse fazer meu coração acelerar, ou seja, não encontrei motivos para namorar.

Se o mundo gira rápido demais, se as coisas acontecem rápido demais, se o tempo passa rápido demais eu apenas insisto em aguardar meu momento, não é porque todo mundo faz algo que eu também deva fazer.

Com essas poucas e limitadas experiências  românticas, pude perceber o quanto os rapazes/homens só querem saber de seu bel prazer. Nos primeiros “encontros” (se é que posso chama-los assim já que, acredito nunca ter tido um encontro de verdade), sempre houveram poucas demonstrações de cavalheirismo e o mínimo possível de romantismo. Nunca ninguém abriu a porta do carro pra mim, nunca fui presenteada com flores, nunca tive a graça de sair com alguém que só quisesse conversar e falar sobre assuntos legais. Sempre havia algo a mais! Sempre eles queriam algo a mais!

Beijar em um primeiro encontro me soa tão antiquado (já fiz isto e não foi minha melhor decisão) Porque deveria beijar alguém que mal conheci? Ok, repito já fiz isto e insisto, não foi minha melhor decisão por isso que, já faz muitooo tempo que não o faço mais, porque em todas as vezes me arrependi, me senti apenas usada, como se provesse ao então, “cavalheiro” aquilo que ele queria e todo o sentido de conhecer alguém pelos seus sonhos, medos, vontades e anseios foram por água a baixo. É como se tivesse perdido todo o encanto. O beijo deveria prover isto, mas pra mim, em minhas experiências, ele esmagou! Não significa que eu sai beijando todos os rapazes com os quais sai pela primeira vez, ao contrário, porém também não significa que esses casuais “encontros” foram de meu agrado. Acredito que os piores momentos foram quando faltava assunto, não por falta de  iniciativa, mas por falta de interesse em realmente conhecer o outro

Minha última tentativa de conhecer pessoas novas aconteceu a uns 11 meses atrás, a pessoa que na época tinha 26, agiu de uma forma em nosso primeiro encontro e no segundo de maneira completamente diferente, foi frustrante, decepcionante e pouco encorajador. Na primeira ele foi cordial, simpático e houve assuntos, já no segundo o simples fato de eu dizer que não queria me envolver romanticamente e que estávamos  ali apenas como amigos, foi o suficiente para não haver conversas, amabilidade e espontaneidade.

Como posso eu ainda acreditar que haja cordialidade entre um homem e uma mulher quando falta respeito, simpatia e verdadeiro interesse?

 Fracassos e mais fracassos! Por conta disto acabei retraindo-me. Prestes a completar 23 anos, me recuso a conhecer pessoas novas, me recuso a dar-lhes uma oportunidade porque por mais que eles digam que são diferentes ( eles teimam em dizer : mulheres dizem que todos os homens são iguais, porque não encontraram aqueles que fizessem a diferença na vida delas ), sei que não são! Ou pelo menos não encontrei alguém que fosse! O que me fez perder a fé no romantismo. Algum tempo atrás escrevi que deixara de acreditar no romantismo e que só acharia possível poder vivê-lo se vivesse na época dos meus avós, acredito que não haja verdade mais veril que esta. Antes havia romantismo, antes os casamentos duravam, antes havia cavalheirismohavia cordialidade, havia conversas, mas sei que nem sempre (e nunca será), mil maravilhas. 

Poderá haver alguns comentários afirmando que tudo isto aconteceu porque eu não encontrei a pessoa certa. Mas vocês realmente acreditam que exista a pessoa certa? Alma gêmea? Pessoas destinadas a ficarem juntas?  Pode haver também comentários que implicam em, eu não fechar-me para as novas oportunidades que a vida pode acabar me trazendo.

Não fechei as portas para estas oportunidades, não fechei as portas para o amor, mas também não as deixarei abertas!

O que tiver que acontecer, acontecera de forma natural e gradual. É necessário haver maturidade de ambas as partes. 

Se vocês perguntassem-me o que eu realmente gostaria e em que acredito, eu diria-lhes:

Eu gostaria de viver uma aventura amorosa que bastasse por uma vida toda, não ligaria se nunca me casasse ou tivesse filhos (algo que não quero e será assunto para outro post). Gostaria de vivenciar um tipo de amor único, verdadeiro e arrebatador. Algo que eu jamais pudesse esquecer-me e sempre, por toda a minha vida, até meu último suspiro, pudesse recordar com alegria e o mais puro sentimento de que foi e sempre será a melhor coisa que fizera na vida!

Ah e eu acredito que amor mesmo é um só e pra vida toda. (E eu afirmo não ser romântica hein 😂😂)

 

Enquanto escrevo este texto, bebo um chá que preparei e vejo um livro ao lado.
Sorrio. Apenas sorrio, contente de que, o que tenho agora: me basta!

 

A Beleza das Rosas – Viviane Ebuliani

“Sempre acreditei que a verdadeira beleza da rosa, consiste em aceitar os seus próprios espinhos. ” Viviane Ebuliani

Ao fazer esta tatuagem, assim como minhas outras duas tive a clareza dos meus motivos, já que é algo que eu levarei para a vida toda.  Esta foi minha terceira, à fiz ano passado (em novembro, se não em engano). Era um sábado nublado, com o céu acinzentado e o vento forte. Não poderia haver dia mais perfeito para se tomar uma decisão como esta. Acordei animada e assim como nas outras vezes, resolvi na hora. Simples assim, fui e fiz. Não gosto de planejamento, nunca gostei. Quando tomo uma decisão de ir e fazer algo, vou e faço e a vontade de ter em minha pele algo que significava (e significa), tanto pra mim era crucial. Sai de casa com um sonho e voltei com ele em realidade.

airbrush_20170305125616

Já disse em um post que tenho um pequeno jardim em casa, talvez nem possa ser considerado um jardim, pois há apenas algumas roseiras e o resto são árvores. Natureza é vida, é paz , é calmaria. É onde sempre gosto de estar.

Quando não estou lá, parada olhando a beleza do “verde”, estou tirando algumas fotos. Gostaria de compartilhar algumas das quais tirei esta semana e outras de algum tempo atrás. Para mim já é encantador ver estas fotos, imaginem minha alegria poder contemplar isso todos os dias … Haa dia 20 deste mês (7h29) começa o outono, amooo muito esta estação (amoooooo mais ainda o inverno ❄ 😍 )

IMG_20150524_174120186IMG_20150524_140708859IMG_20150524_140605698IMG_20150531_111904764IMG_20150531_111833213IMG_20150605_145236848

IMG_20150603_122813318

Fotos por – Viviane Ebuliani

 

Inconstância – Viviane Ebuliani

#TextoPessoal
04/03/2017 - Viviane Ebuliani.
Estou precisando distrair-me, sossegar, ler um bom livro e apenas envolver-me completamente em sua narrativa e personagens. Perder-me no vasto mundo da fantasia. Sinto que a cada dia que se passa, é mais “um dia” apenas. Um dia que não mais voltara. Queria tanto poder estar vivendo a vida dos meus sonhos neste instante, que é difícil respirar com tranquilidade. Nunca fui uma pessoa paciente. Não! Nunca fui. E conforme a monotonia do dia me consome, sinto-me desaparecendo aos poucos.  Só restam-me dúvidas, uma garrafa de vinho e desamores.
Ela não cessa.
Chove sem parar, e a chuva é minha única companhia.

000

Frases do livro – Notes from Underground (Notas do Subsolo) – Fiódor Dostoiévski

Bom dia ♥♥♥
Que seja um excelente sábado para todos nós.

Sou teimosa o suficiente para comprar novos livros, sendo que tenho vários aqui que gostaria de reler e vários que comprei e nunca li. Então, tá né.

Bom dentre minhas novas aquisições está este que a muito tempo queria: Notas do Subsolo de Fiódor Dostoiévski, uma incrível obra que aborda discussões filosóficas, humor e uma bela narrativa. Assim que este e o outro livro chegar, farei um post aqui no blog. Como mencionei queria este livro à muito tempo e passei boa parte do meu tempo lendo algumas frases na internet, referentes ao livro. Há maioria delas são em inglês, mas espero que apreciem tanto quanto eu.

“Destroy my desires, eradicate my ideals, show me something better, and I will follow you.”

 

“Tranquilidade” era o que eu queria; queria ficar sozinho no subsolo. A “vida viva” me sufocava tanto, devido a minha falta de costume, que até respirar estava difícil.

 

“I used to imagine adventures for myself, I invented a life, so that I could at least exist somehow.”

 

“Suffering – why, this is the sole cause of consciousness.”

 

“Mas eu tinha uma saída conciliadora, que era refugiar-me em tudo que fosse “belo e sublime”, em sonhos, naturalmente. Eu era um terrível sonhador, sonhava até por três meses seguidos, enfiado no meu canto, e creiam-me: nesses momentos eu não me parecia com aquele senhor que, na perturbação de seu coração de galinha, costurava uma pele de castor alemã à gola do seu capote. De repente me transformava em herói.“

 

“I spent most of my time at home reading. I wanted external sensations to stifle all the feelings that were boiling up inside me.”

 

“The laws of nature have mistreated me constantly, more than anything else throughout my life.”

 

“[P]erhaps I consider myself an intelligent man, only because all my
life I have been able neither to begin nor to finish anything.”

 

“To go on, however – what can a decent man talk about with the greatest pleasure?
Answer: about himself.”

 

“There was one time, or even two, when I simply longed to fall in love.”

 

“And where there is no love, there is no reason either.”

 

“I’m not ashamed of my poverty… On the contrary, I look upon my poverty with pride. I’m poor, but noble.”

notes

Partes de mim – Viviane Ebuliani

Bom dia ♥
1
#TextoPessoal
03/03/2017 - Viviane Ebuliani

Estava sempre com medo de pensar mais alto que meu coração. Até quando a razão deveria prevalecer? Gostaria de contar minha própria história, mas palavras vazias não teriam sentido algum.
Como seres humanos, estamos em constantes mudanças. Eu tenho mudado. Vou sempre mudar. Reuni em mim somente boas lembranças, havia diversas maneiras de enxergar o mundo, escolhi apenas vê-lo com mais ternura. Um dia perguntei-me como chegara a ficar tão vazia. O que de precioso tiraram de mim? Conclui que nada em mim faltava, além de minha terrível obstinação em aceitar minhas infâmias, o que não mais aconteceria.
Lá fora chove, não imagino tamanha perfeição poder ser substituída. Concentro-me em sua exatidão, o tranquilizador som da vida e deixo as palavras dizerem tudo por mim:

Hoje eu não preciso mais mentir à mim mesma, encarei a verdade que sempre quis esconder. Era mais fácil a negação, quando o vazio deparava-se com a decadência. Juntei os dois. Partes de mim. Meu ego e minha outra face, distintos, resolutos, completos. Sou jovem mas adquiri experiência com o tempo e não a idade. Foquei apenas no que poderia ser feito, assim como a maioria das pessoas. Era real quando doía.
Um dia passa? Passa. A dor vai embora? Bom, dizem que ela é passageira. Eu irei esquecer?
Não!
A gente nunca esquece. Mas vou lembrar-me de tudo sempre como um aprendizado, não prometo que será fácil, nem que não poderá esmagar-me por dentro quando remexer em minhas velhas lembranças, mas irei reinventar-me. Eu posso. Sou um pedacinho do universo. Sou essencial. Aceitei meus defeitos, se é que posso considera-los assim. Partes de mim.

Meus sonhos e conquistas. Meus medos, anseios e derrotas. Meus desejos, vitórias e alegrias.
Sou feita de sonhos, estrelas e afins.
Não posso negar-me, tudo esta esclarecido pra mim.
O conjunto do que sou – sendo certo ou errado, tanto faz. Tudo isto, é puro, real, concreto.
Hoje…

Encontrei-me enfim!

3

 

 

Um dia de descanso – Como aproveitei meu feriado.

Boa noite gente ♥
Como estão?

05

Agora são um pouco mais das 22:00. Eu gostaria de começar este post comentando o quanto estou satisfeita e feliz com o dia que tive. Estava precisando a tempo de um dia assim. Sem dúvidas eu só tenho a agradecer.

Meu dia começou com uma linda manhã ensolarada. Meu plano e da minha família era irmos para Holambra (SP), mas acordamos tarde e por conta disto preferimos ir a um lugar mais perto.

Decidimos ir  para São Pedro, que fica a poucos quilômetros do bairro onde moro (moro em Piracicaba, mas meu bairro é um distrito à parte). Fomos precisamente para a Gruta dos Anões que é um sitio onde as pessoas podem acampar e alugar chalés. Chegamos na hora do almoço e passamos o dia todo lá. A entrada é 25 reais por pessoa e não precisa pagar para entrar com o carro por conta disto. Eu nunca tinha ido e adorei.

É natureza gente, não é novidade o quanto sou apaixonada por natureza. São Pedro e Águas de São Pedro são dois lugares que vou muito, é sempre calmo, há muito “verde”, muita árvores, diversas serras ♥♥♥♥ Sou mulher do interior, na minha infância já morei em sitio e por isso tive a melhor infância que poderia imaginar. Já ouvi algumas pessoas dizerem que só gente “idosa” gosta de sitio e morar na zona rural kkkkkkkkk Sou jovem e adoro, por mim eu mudaria pra uma chácara ou sitio com uma bela vista para o horizonte e admiraria o por do sol todos os dias como se os visse pela primeira vez 🌤, acordaria cedinho para cuidar dos animais e sei, o quanto tudo isso me faria feliz.

Vocês sabem, desejo algum dia morar entre as montanhas ou pelo menos morar com vista para elas. Suécia, Noruega, Islândia, Nova Zelândia, Patagônia. Eu fiz uma promessa a mim mesma que visitarei todos estes lugares e pra mim só será impossível quando eu estiver morta, ou seja, Tudo é possível!

Existe alguma coisa que os façam sentir-se livres?  Por mais que dizemos que somos livres, estamos acorrentados por todos os lados. Parece meio bobo (na verdade muito), mas me sinto completamente em sintonia com a liberdade quando estou junto à natureza. Na verdade não acredito que haja liberdade mais pura e verdadeira que esta. Sou uma jovem mulher que ama coisas simples. Simplicidade sempre foi e é: tudo pra mim.

Costumo  dar valor a coisas que muitas vezes ninguém da bola, como olhar o céu a noite (quem hoje em dia ainda faz isto?); contemplar a beleza das árvores (aposto que a maioria nem repara nelas); costumo ficar minutos olhando as nuvens (elas são tão perfeitas); adoro sentir o cheiro das rosas (aqui em casa tem um pequeno jardim) e assim por diante. Admiro a simplicidade, tanto em relação a natureza quanto as pessoas e aos sentimentos. Da pra acreditar que não sou uma pessoa muito romântica? Parece por conta de meus gostos e do modo que escrevo, mas não sou. Sério! Romantismo pra mim seria essencial se eu vivesse à algumas décadas atrás (sabe nos tempos dos meus avós), mas como não vivo, não dou devida importância. É como sempre digo a mim mesma, se não for pra ter um amor pra sempre (sigo meus avós com referência), ou como ao dos livros ( porque só o amor hoje em dia, não basta?) então prefiro continuar ao agrado somente de minha companhia, que é o que faço até o atual momento. E pra mim está bastando, estou feliz, então a vida segue, certo?

Eu realmente recuperei minhas energias. No dia de hoje, tive um momento muito especial, que gostaria de compartilhar. Boiando na piscina, eu só conseguia admirar duas coisas: o céu acima de mim e suas nuvens em diversos formatos e o completo silêncio, foi tão insano o momento de reflexão que tive que é praticamente impossível descrever em palavras pra vocês, parece coisa de livro 🤣 , mas senti-me em sintonia comigo mesma, com o meu EU, entendem? Mil coisas me vieram na cabeça, depois mais nada. Apenas o nada. E aquilo bastou-me de uma forma tão profunda, que comecei a sorrir igual uma idiota. Eu senti-me segura de mim mesma, senti paz. Senti-me singularmente feliz. Foi mágico. Eu sempre digo para as pessoas acreditarem na magia, porque elas existem e de fato, Existem!

Neste momento sinto-me completa, apenas por amar tanto algo que isto preenche todo e qualquer tipo de controvérsias. Pretendo sem dúvidas voltar, ainda mas por ser bem perto de onde moro. Espero que todos tenham tido um excelente feriado  e desejo à todos que encontrem aquilo que realmente o façam sentir-se livres e felizes, como eu encontrei a muito tempo.🌳 🌿 🌍

Como foi o feriado de vocês? Sairão pra pular carnaval? Viajaram? O que fizeram de legal?

00007040010060302

04

Ghost girl  😂

  • Escutei uma única música durante meu trajeto de ida e volta, caso queiram ouvir, é esta aqui: